Workshop de Escrita Criativa no Porto

“Eu choro muito. Não acho que seja um defeito mas, às vezes, preferia que as lágrimas se controlassem, percebessem que não podem aparecer assim sem mais nem menos, que há sítios próprios para darem o ar da sua graça. Até hoje, não dei formação de Escrita Criativa em que as lágrimas não saltassem ou não ficassem ali à espreita. Mas é impossível isso não acontecer. Quase sem me conhecerem, quase sem conhecerem as pessoas que estão sentadas à sua volta, há formandos que aproveitam a escrita, aquele momento entre eles, o papel e caneta para contar histórias que viviam só dentro do baú de cada um. As saudades, a infertilidade, a violência doméstica, o amor não correspondido, a depressão, o desemprego… Não fico, naturalmente, feliz com o que oiço, mas fico muito feliz por um simples exercício com um cheiro, um sabor, uma música, uma imagem ou uma textura ter conseguido mexer com os sentimentos dessa pessoa, ao ponto de se esquecer que há uma sala cheia de olhos a observá-la e ouvidos a escutá-la. Isto acontece em todas as minhas formações em Lisboa. Agora quero saber como é no Porto. (Calma, também há muitas gargalhadas sempre!) Mas para eu fazer a distinção entre formandos do Sul e formandos do Norte, tenho de conhecer os nortenhos. Quem alinha? É no dia 30.03.19, das 9h às 18h”.

É assim que Mónica Menezes, autora deste texto, convida para o workshop de escrita criativa que vai ministrar em breve na cidade Invicta. Inscreva-se! Para mais informações, contacte a própria Mónica, aqui.