15 anos de CódigoPro

Não podíamos deixar acabar o mês de agosto sem fazermos referência aos 15 anos da Editora CódigoPro. Neste sentido, e para assinalar esta data emblemática, relembramos aqui a nossa caminhada ao longo desta intensa década e meia.

A Editora CódigoPro – Edição de Publicações Periódicas Unipessoal, Lda. surgiu a 1 de agosto de 2004 na cidade do Porto, pelas mãos de Ricardo Flaminio. A empresa foi apoiada pelo Fundo Social Europeu, através de uma Iniciativa Local de Emprego. O primeiro ano de atividade baseou-se em pesquisa e recolha de material para o lançamento do projeto pioneiro da empresa: a revista ÓpticaPro.

2005 marca assim o nascimento do “primeiro bebé” da empresa, a publicação dedicada aos profissionais do setor ótico. Um ano depois, desenvolveu-se a revista JoiaPro, para os players do mercado da ourivesaria, joalharia e relojoaria. Já em 2008, surgiu a DentalPro, para dar resposta aos especialistas do ramo da medicina dentária. No ano seguinte chegou a OftalPro, publicação dirigida aos médicos oftalmologistas. Em 2010 foi a vez da LabPro, uma revista dedicada ao setor da prótese dentária.

Em todas as revistas, o conceito é o mesmo: estimular os setores de negócio em que nos encontramos, através de uma informação especializada e profissional direcionada a todos os intervenientes, dando voz a cada um deles. Os profissionais que protagonizam as capas das cinco revistas são o motivo do nosso sucesso. Saber como desenvolvem o seu trabalho revela-se fulcral para os colegas, como uma forma de se adaptarem e compararem maneiras de atuar. A entrevista destacada a estes profissionais mostra alguns dos melhores exemplos de êxito dos respetivos setores de atividade, assumindo-se como o maior contributo que qualquer revista pode dar aos seus leitores.

Segundo Ricardo Flaminio, o fundador e atual diretor da Editora CódigoPro, “a linha seguida desde o início é simples e altamente funcional. Efetuamos uma comunicação direta com os profissionais. Fomos além da componente técnica e profissional, focando a vertente humana. Posso dizer que humanizámos a ótica e a oftalmologia, a medicina e a prótese dentária, a joalharia e a relojoaria. Cada entrevista, reportagem, notícia ou novidade publicada nas revistas apresenta as pessoas que, de facto, constroem os respetivos setores”. 

Hoje, para além da criação de revistas, a Editora CódigoPro dedica-se também à produção e conceção de publicações costumizadas para empresas com necessidades de comunicação particulares.